quarta-feira, 28 de julho de 2010

Noivado - O Convite

O primeiro passo é definir a data, local e a lista de convidados. As inspirações para o convite começaram a pipocar: algo descontraído, de dia...além disso usei como inspiração o site Wedding Paperdivas, que amo...
Fazer o convite foi muito legal! Por acaso minha irmã tirou de surpresa uma sequência de fotos nossas que ficaram tão espontâneas que nós usamos no convite! E não gastamos NADA para fazê-lo, pois usamos o photoshop e enviamos por email aos convidados. Como não era um evento super formal, o email ajuda muito e todo mundo acessa!
Claro que os familiares que não tinham email (eram poucos) nós convidamos pelo telefone. E para quem não sabe mexer no Photoshop, uma dica é usar o próprio power point! Dá para fazer muita coisa pegando fotos e figuras que você goste! Use a criatividade! E assim ficou exatamente como eu queria: um convite clássico mas com um toque de humor para mostrar a descontração que seria o dia!
*Detalhes importantes: o noivado aconteceu fora de São Paulo, então preparamos um mapinha que era enviado junto com o convite. Além disso, disponibilizamos uma van para levar os familiares e amigos para a outra cidade. Afinal, são seus convidados e todos estarão prestigiando o casal, nada mais carinhoso do que pensar nesses detalhes!


Noivado

Vou dedicar os próximos posts para falar sobre a celebração do noivado. Penso que é um ritual cheio de significados, onde o casal expõe para todos os familiares e amigos próximos a sua intenção de ficar juntos e de iniciar os preparativos para o casamento e a vida a dois.

Os noivos devem usar as alianças na mão direita e a noiva pode usá-la junto com o anel de noivado (se tiver). Somente após a cerimônia de casamento a aliança passa para a mão esquerda, mas o anel de noivado pode ficar na mão direita da noiva...simbolizando sempre o dia do pedido...
Vou dividir com vocês um pouco da celebração do meu noivado.

Tive muito cuidado para planejar o dia como se fosse um mini-wedding, até porque me deparei com os mesmos dilemas: qual comida vou servir, quanto de orçamento tenho disponível, qual bolo vou escolher, como será o convite, seleção de músicas para o dia, lembrancinhas, etc... e vou confessar que foi ÓTIMO porque serviu como um treino para o casamento (em escala beeem menor, claro) mas eu comecei a aprender a me comportar em celebrações em que eu sou a anfitriã. E isso é muito importante, pois no dia do casamento VOCÊ será o centro das atenções!
Celebrando este momento com mais estilo ou mesmo celebrando com um petit comitê (os pais e os noivos) é um momento super especial e que vale muito a pena!

Nos próximos posts: o convite, o décor, os comes e bebes, o bolo, as lembrancinhas e as músicas.